Páginas

sexta-feira, 11 de julho de 2008

A justiça em duas faces

O poder judiciário funciona assim: para resolver problemas de pessoas ricas e bem relacionadas, funciona no mesmo dia. Até o presidente da mais alta corte de justiça se desdobra para soltar, sem esclarecimentos, os acusados em crimes miraculosos. Se fosse um pobre? Apodreceria na cadeia.

Mais uma vez pergunto: o poder judiciário, o ministério público e as polícias funcionam de igual forma para todos os cidadãos?

Quem confia no ministério público que trabalha em prol da república? Por acaso alguém sabe como se consituiu e como se mantém a república brasileira? Conheçam um pouco da História para verificar que o ministério público trabalha em prol dos princípios republicanos. Mas que princípios? Princípios republicanos brasileiros?

Para mais informações, leiam:

- Os bestializados - autor: José Murilo de Carvalho - Ed. Companhia das Letras

- Cidadania no Brasil - autor : José Murilo de Carvalho - Ed. Civilização Brasileira

- Literatura como missão - autor: Nicolau Sevcenko - Ed. Companhia das Letras

Depois de lerem, perguntem: o desempenho das funções do ministério público, que briga em favor dos princípios republicanos, beneficia realmente a sociedade inteira?

Nenhum comentário: