Páginas

domingo, 26 de outubro de 2008

Repetição política

Os resultados do segundo turno promovido em algumas capitais e em algumas grandes cidades brasileiras demonstram que os artifícios usados tanto na trasição monárquico-republicana quanto na transição autoritária-democrática dos anos 1980 ainda são válidos em tempos considerados plenamente democráticos.

A ascensção de alguns partidos políticos, outrora hostilizados e evitados, comprova simplesmente que o eleitor não evoluiu ou adquiriu maior criticidade em sua visão política, mas que os partidos ditos de esquerda recorrem aos mesmos expedientes contra os quais tanto bradaram.

Mudanças? Sim. De dinheiro e de poder das mãos de um grupo para outro grupo. Nem mais nem menos.

Nenhum comentário: